Grupo Café com Filosofia – Phipsi

Início » Opinião / Crítica » 2012 – O Ano da Vez

2012 – O Ano da Vez

Fim do Mundo? Fim de uma Era? Inicio de um novo Ciclo? Arcas gigantescas? Vidas Selecionadas? A vinda do Messias dos Judeus? Apocalipse? Muitas perguntas giram em torno do ano de 2012. Embora quase todas tenham um mesmo fundamento, todas fazem a pessoa interrogada pensar em ações diversas.

Em 2000, no ano da virada do milênio uma onda de horror e pânico assombrou todo o planeta quando uma profecia revelava que aquele seria o fim do Mundo. Muitas pessoas se suicidaram com medo da forma como poderia ser a morte da profecia. Algumas cometeram verdadeiras barbaridades acreditando na impunidade de seus atos no dia da aniquilação. Porém esse dia não aconteceu! De fato alguns criminosos continuam até hoje atrás das grades pagando o preço da impunidade na qual eles acreditavam.

Curioso a forma como as pessoas interpretam determinados dizeres. Fim do Mundo. Um momento temido por todos, porém admirado ao mesmo tempo por muitos. Grandes estudiosos tentam prever o fim do mundo. Algumas pessoas já devem ter esquecido que há alguns anos um centro de pesquisas norte americano anunciou um meteoro vindo de encontro com a Terra. Segundo a previsão dada pela equipe cientifica, o meteoro se chocaria com o planeta por volta de 2012. Coincidência? Ou apelo aos fatos místicos por detrás das revelações do calendário maia?

Algumas questões ainda pairam no ar confusas e perdidas ao ambiente no qual somos situados. Alguns filmes foram lançados ambientando essa profecia. Com o titulo de 2012 temos dois filmes que abordam de forma diferente as perspectivas dessa revelação.

Em um primeiro momento, somos levados a acreditar que uma falha geológica causada por uma explosão solar leva o mundo a entrar em colapso. Porém o filme ambienta a questão do arrependimento. Da culpa. Do perdão. Do inicio de uma nova Era. Um novo ciclo de esperança para a humanidade. Os escolhidos para viverem a nova fase.

Não por menos, podemos observar que muitas coisas estão mudando no mundo. Infelizmente nem todas são para melhor.

Em um segundo momento, no filme 2012 mais recente, somos novamente abordados pela questão da explosão solar. Fato: O sol está sofrendo uma mudança em níveis catastróficos. O grande problema se dá quando os acontecimentos em torno da profecia começam a aparecer.

Fissuras profundas no solo. Explosões vulcânicas generalizadas. Desvio de atividade magnética e outros problemas. Contudo, como meio de preservar a espécie humana, os lideres das nações poderosas se unem para construírem as ARCAS. Uma réplica da idéia bíblica do dilúvio do Gênesis. Porém em proporções nunca antes vistas. Conteriam animais de cada espécie (além da humana é claro) e um estoque de suplementos para garantir a existência durante o período da crise.

Quando o mundo é dominado pelo impacto das águas que destroem tudo as grandes ARCAS aparentemente indestrutíveis começam seu processo de preservação.

Nesse ambiente de Ficção, o filme passa a idéia de que há possibilidade de o mundo como conhecemos desaparecer, mas depois de um tempo possamos reconstruir uma nova nação.

Incrível. O senso de Ficção cada vez fica mais apurado.

O homem acha mesmo capaz de salvar a humanidade? Quero dizer, será que o homem (termo em geral) esquece que é ele mesmo que pouco a pouco está acabando com o mundo? Ele esquece que as grandes atrocidades são, foram e serão cometidas sempre pela mão humana?

Não tem sentido pensar que o homem esteja realmente preocupado com o futuro do mundo. Lógico, temos as raras exceções que de certa forma lutam para poderem apreciar o mundo por mais tempo, mas mesmo assim a grande maioria não faz nada para colaborar.

No primeiro filme, ambienta-se a questão do arrependimento. Uma nova era para os escolhidos. Em alguns momentos ouve demonstrações da passagem apocalíptica da questão do arrebatamento. Mas se eles foram os escolhidos, os que ficaram, porque eles teriam direito de ver a nova era? As idéias por detrás dos filmes a respeito dessa profecia se confundem e deixam mais confusas as mentes humanas. Já ouvi pessoas comentando que a data de 2012 do calendário maia é a previsão da vinda do messias dos judeus. Então esse fim de mundo como chamam é o fim do mundo de idéias absurdas como conhecemos e o inicio de uma nova era de paz e esperança. Acreditar, viver, sentir o poder dessas promessas, questões pode ser interessante, porém perigosa. Pessoas podem levar a sério certas palavras mal interpretadas e realmente podemos ter mudanças trágicas no ano da profecia. O fato é que não importa quais mudanças aconteçam, devemos ter a mente aberta. Devemos sempre pensar no nosso próximo. A nossa simples capacidade de de ver as coisas, devemos deixar que o tempo nos mostre os rumos que o mundo tomará, tentando fazer nele sim uma grande mudança. Mas não somente em 2012, mas todos os dias, fazendo com que ele se torne um lugar melhor para podermos viver em paz!

__________
Texto: Erisvaldo Correia
(Licenciando em Filosofia)
 CEUCLAR-SP

Anúncios

2 Comentários

  1. Acalliv Rotieh disse:

    É ACHEI MUITO INTERESSANTE.

    MINHA VEZ AGORA:

    ” MAS O QUE É O AMOR NESSE MUNDO TÃO LOUCO
    SE O DINHEIRO COMPRA TUDO, COMPRA ATÉ PARTES DE UM CORPO ”

    OBRIGADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    havillaca@gmail.com

  2. Lúcia disse:

    Parabéns!!! Muito interessante…
    Isto é um fato preocupante, porque na mesma proporção em que os humanos avançam e melhoram a tecnologia, perde-se espaço para os valores como companheirismo, amor e fraternidade, pois as pessoas estão cada vez mais individualizadas, alienadas e perdidas.
    Uma coisa é fato, se partirmos do príncipio que a Terra é como um único organismo, logo, um organismo em conflito consigo mesmo está condenado.
    Lúcia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Artigos por Mês

%d blogueiros gostam disto: